sábado, janeiro 31, 2009


Folclore das Feiras Novas

Depois do mês de Janeiro ter sido dedicado às Bandas de Música do concelho de Ponte de Lima, com concertos semanais no Teatro Diogo Bernardes, Fevereiro será marcado pelo folclore na sala de espectáculos limiana. Assim, durante os quatro fins-de-semana do mês passarão por aquele espaço todos os grupos do concelho, uma iniciativa que vem "compensar" o facto de não terem podido ser apreciados durante das Feiras Novas 2008, devido ao mau tempo.

sexta-feira, janeiro 30, 2009

Desporto para o fim-de-semana

Pedro Sampaio abandona Limianos

Pedro Sampaio abandonou esta semana o cargo de técnico da A. D. "Os Limianos", que está a disputar o nacional da 2ª Divisão, Zona Norte. Depois de ano e meio à frente dos destinos da equipa de Ponte de Lima, onde é de realçar a excelente época realizada na temporada 2007/2008, a primeira do clube naquele escalão, o técnico não resistiu à irregularidade dos resultados obtidos, embora tenha saído num momento em que a equipa dava sinais claros de recuperação. O comando da equipa ficou, interinamente, entregue ao capitão Paulo Morais, também técnico da equipa junior do clube.
No próximo sábado, "Os Limianos" deslocam-se ao recinto do Clube Académico da Feira, com início previsto para as 18h00. Com este jogo inicia-se a 2ª volta.

Em futebol, no domingo, "Os Limianos" deslocam-se a Marinhas, para disputarem mais uma jornada do nacional da 2ª Divisão. Neste domingo arranca também a Taça Associação de Futebol de Viana do Castelo, onde pontificam os jogos Moreira do Lima - Correlhã e Facha - Monção.


A Expolima será palco, entre 31 de Janeiro e 1 de Fevereiro, da segunda edição da "Verde Noivos".
Um centro de informação para Ponte de Lima


A maior novidade do orçamento camarário para 2009 foi, na nossa opinião, a decisão de avançar para a construção de um "Centro de Informação e Conhecimento", espaço que substituirá a actual Biblioteca Municipal - que cumpriu a sua função mas cujas instalações são já exíguas e pouco ajustadas às suas funções. O novo espaço ficará situado na zona escolar, no terreno agora ocupado pela Escola do 1º Ciclo, uma localização óptima, devido à centralidade e proximidade com um dos públicos-alvo da infraesttutura os jovens estudantes.
Tal empreendimento pressupõe a saída da escola do local, estando já definido o terreno para a sua futura localização, na freguesia de Arca, na Quinta do Cruzeiro, junto ao Campo de Futebol com o mesmo nome.
Trata-se de uma excelente notícia, de um investimento necessário e reprodutivo, que ajudará o desenvolvimento cultural de Ponte de Lima.
Este projecto levanta algumas questões, para as quais damos desde já o nosso contributo: em primeiro lugar, a obra pode e deve ser aproveitada para a construção de um bom parque de estacionamento no subsolo do novo edifício, capaz de servir a zona escolar e o centro histórico; por outro lado, o actual edifício da Biblioteca poderá albergar serviços público, municipais ou da administração central, de modo a animar uma zona que está em crescente degradação e desertificação.

quinta-feira, janeiro 29, 2009

Desproporcionalidade!

O CDS/PP consagrou no Congresso do passado fim-de-semana o seu líder Paulo Portas, recentemente eleito através de directas. Nesse mesmo congresso foram eleitos os órgãos nacionais do partido.
O CDS/PP, nas últimas autárquicas, ficou reduzido a Ponte de Lima que foi e continua a ser um dos grandes bastiões do partido a nível nacional. No entanto, este facto não tem sido suficiente para que Ponte de Lima tenha, de facto, uma presença assídua e de realce nos órgãos nacionais, não existindo por parte dos seus líderes a necessária sensibilidade para reconhecer que uma autarquia em 208 é um feito digno de registo, que ser devidamente consignado na estrutura do partido.
Abel Baptista, limiano, líder da distrital do PP pertencia à Comissão Política Nacional do PP. Passou agora para a vice-presidência do Congresso, integrando ainda a Comissão de Organização, novo órgão do partido. Acresce um elemento9 directamente eleito para o Conselho Nacional, no caso Miguel Pires da Silva.
Não sendo, obviamente, a melhor forma de reconhecer o peso específico de Ponte de Lima, parece que a verdadeira razão deste "esquecimento" está dentro de portas. Isso mesmo, em Ponte de Lima que neste congresso poderia ter mais de 40 delegados (6 eleitos directamente, o presidente da concelhia, o presidente da Câmara, os vereadores, os presidentes da junta militantes e ainda representantes da JP), masa que esteve apenas representado por...2. Quando parece que o PP nada quer com Ponte de Lima, eis que Ponte de Lima revela nada querer com o PP. Ou só interessa ter a sigla do partido nas eleições autárquicas?
Feira do Cavalo distinguida


O Turismo de Portugal atribuiu à Associação Concelhia das Feiras Novas uma menção honrosa pelo trabalho efectuado na organização da segunda edição da Feira do Cavalo de Ponte de Lima.
A menção inseriu-se nos Prémios Turismo de Portugal 2008, cuja cerimónia pública de apresentação dos vencedores teve lugar esta manhã no Auditório 1 do Centro de Reuniões da FIL, no Parque das Nações.
Ver notícia aqui.
A edição 2009 da Feira do Cavalo de Ponte de Lima já tem datas definidas: 25 a 28 de Junho.

quarta-feira, janeiro 28, 2009

Monumento do Cardeal Saraiva a 4 de Março


4 de Março, Dia de Ponte de Lima, ficará marcado por grandes acontecimentos. Por um lado, a entrega de condecorações a todos aqueles que, com o seu trabalho e dedicação, engrandeceram a sua tera natal, ou aquela que os adoptou. Depois porque esse mesmo dia assinalará a inauguração da estátua do Cardeal Saraiva, um dos maiores vultos limianos de sempre que, até este ano, não tinha ainda o merecido reconhecimento da sua "pátria".

150 anos do nascimento de António Feijó

2009 marca o 150º aniversário natalício de António Feijó, um dos grande vultos das letras limianas. Celebrar Feijó é celebrar Ponte de Lima e o limianismo, é recordar um Homem, um poeta, um diplomata que hoje ainda honra a terra que o viu nascer.
O "Parar para Pensar" irá, ao longo do ano, trazer a este espaço alguns excertos da sua obra e dar a conhecer a sua biografia. É a nossa forma de honrar esta figura ímpar entre todos aqueles que nasceram "à beira do Rio Lima, Rio saudoso todo cristal".
Na sexta-feira, dia 30 de Janeiro, na Escola EB23 António Feijó, decorre a apresentação da obra "António Feijó - A Boémia Estudantil e os Primeiros Versos", da autoria de Luís Dantas, a primeira publicação a ver aluz do dia neste ano tão importante para aprofundar o conhecimento de António Feijó. O início está marcado para as 18h00.

terça-feira, janeiro 27, 2009


Não há inocentes no cumprimento da Lei Eleitoral

O Acordão 567/2008 do Tribunal Constitucional visa as contas da Campanha Eleitoral relativa às Eleições Autárquicas de 9 de Outubro de 2005, analizando os documentos de todos os partidos e candidaturas independentes.
A Lei 19/2003, de 20 de Junho, visava moralizar, disciplinar e tornar mais transparente o financiamento dos partidos e os gastos das campanhas. O seu objectivo é nobre e veio preencher um vazio legislativo e uma necessidade que se foi adensando com o passar do tempo, desde o 25 de Abril. Esta foi, aliás, uma temática que suscitou sempre grande interrogações e que atirava sobre os partidos políticos suspeitas de relacionamentos pouco claros.
O acordão agora publicado, é o primeiro que se debruça sobre uma campanha eleitoral autárquica, a de 2005.
A conclusão é óbvia. Muita coisa está ainda mal, os partidos ainda fizeram "tábua raza" de uma boa parte do articulado da Lei, mas também parece que não estavam, e talvez ainda não estejam, devidamente preparados para as suas exigências. Este é um campo em que o caminho se tem que fazer caminhando, onde o cumprimento da Lei tenderá a melhorar no futuro.
Não pode, por isso, quem estiver de boa fé, atirar pedras para o telhado do vizinho. Todos os partidos falharam. Uns mais do que outros, mas a complexidade do trabalho e dos deveres não era semelhante. O campo onde se verificaram mais falhas foi, curiosamente, o das candidaturas independentes, onde dos 561 grupos que se apresentaram ao acto eleitoral, 230 não enviaram ao Tribunal Constitucional as respectivas contas. Dos partidos com assento parlamentar, a maior falha a nível nacional correspondeu ao CDS/PP. No concelho de Ponte de Lima o maior número de falhas foram do CDS/PP, logo seguido pelo PSD, sintomaticamenete, os dois partidos mais votados no concelho.
Enquanto no espectro nacional as maiores falhas pertencem a um partido de segunda linha, no concelho de Ponte de Lima são os partidos mais votados que mais atropelos à Lei efectuaram. Trata-se de um precedente grave, que não pode ter sequência no futuro. Aqueles que nos governam têm o dever de agir no mais estrito cumprimento da Lei, devem constituir um exemplo de transparência e rigor, devem demonstrar que nas suas casas, nos seus partidos são pessoas idóneas, capazes de governar um concelho ou um País.
Não podemos acreditar que aqueles que omitem dados, que não instruem correctamente processos, que são incapazes de se organizarem à luz da Lei para uma campanha eleitoral, serão depois capazes de governar com transparência, rigor e sentido de estado um país ou um concelho.

segunda-feira, janeiro 26, 2009

Referendo na imprensa nacional

Correio da Manhã
Diário de Notícias
Jornal de Notícias
TSF
Rádio Renascença
RTP

A reacção de Rui Solheiro.

Entretanto, a Agência Lusa noticiou que "Distrital PS avoca escolha de candidato e pode vetar Defensor Moura".
E agora?

Com uma abstenção de 70%, o referendo realizado em Viana do Castelo foi um verdadeiro fiasco. Apesar das duríssimas condições metereológicas verificadas durante todo o dia, a indiferença dos vianenses é o aspecto mais doloroso desta jornada que se desejava clarificadora. Não clarificou, mas deixou algumas pistas sobre o que pensam os vianenses da sua região e da comunidade que nela foi constituída.
Defensor Moura, apesar de tudo, venceu. E venceu com clareza. Mais de 62& dos votos, vitória em 39 das 40 freguesias. Ele é o grande vencedor da jornada, pois assumiu pessoalmente todas as despesas do NÃO. As ilações a tirar são evidentes: Viana ficará de fora da Comunidade, Defensor ficará em Viana e as feridas que este referendo vai deixar dificilmente conseguirão cicatrizar no futuro próximo.
Como era de esperar, o referendo não uniu, dividiu. Ao contrário do que esperariam os altominhotos, a sua região nunca mais será a mesma, pois o fantasma de Defensor pairará sobre os espíritos daqueles que se queiram sentar a uma mesa e pensar o Alto Minho como um todo. A estratégia do orgulhosamente sós, da falta solidariedade regional e institucional, da colocação da mesquinhez do relacionamento pessoal acima dos interesses locais venceu. Defensor Moura não gosta de Rui Solheiro e não vai sentar-se a uma mesa com ele à cabeceira.
Mas o Alto Minho fica mais fraco, sem capacidade de se fazer representar como um todo, sem a força da sua capital de distrito, de uma parte significativa da população e, pior de tudo, a falar a duas vozes.
Esta gente perdeu o tino e arrastam consigo milhares de pessoas que apenas anseiam um futuro melhor, deixar de ser um distrito da cauda de um país da cauda da Europa, com emprego, melhores salários, poder de compra, perspectivas de futuro para as novas gerações.
Para a história Defensor Moura não vingará pela defesa do seu concelho, dos interesses de Viana do Castelo, vingará por ter dividido o seu território natural. A capital de distrito, o líder natural da região, abandonou as suas gentes...

domingo, janeiro 25, 2009

Resultados do fim-de-semana

Futebol

Limianos regressam às vitórias

Limianos, 3 - Mãe d'Água, 0 (2-0 ao intervalo)

"Os Limianos" alinharam com: Baía, Zé Manel, César, Boris, Graça, Miguel (Davide aos 75´), Hugo, Bruno, Marcos, Tanela (Correia aos 79') e Vitor Hugo Ilídio aos 83').

Golos: Marcos (27' g.p. e 29') e Davide (85´)

Depois de quatro jornadas sem conhecer o sabor da vitória, "Os Limianos" receberam e venceram por três bolas a zero o lanterna vermelha Mãe d'Água. Foi um jogo de um só sentido, completamente dominado pela equipa da casa, que dispôs de inúmeras ocasiões para aumentar a vantagem. No entanto, o desacerto dos dianteiros, o mau estado do terreno e as adversas condições atmosféricas que se fizeram sentir, condicionaram o desempenho de "os Limianos" que, com este resultado, voltam a ocupar um lugar entre os seis primeiros que irão disputar a subida de divisão.


Escolas: Limianos B, 0 - ADECAS, 7; Vianense, 3 - Limianos A, 4
Infantis: Limianos B, 3 - Vianense, 2; Limianos C, 5 - Vit. Piães, 2; Limianos A, 9 - Areosense, 1
Iniciados: Neves, 3 - Limianos B, 0 - ; Limianos A, 5 - Venade, 0
Juvenis: Vit. Piães, 0 - Limianos, 0
Juniores: Limianos, 8 - Paçô, 0
Divisão de Honra A. F. de Viana do Castelo: Monção, 2 - Correlhã, 1
1ª Divisão A.F.V.C.: Darquense, 0 - Fachense, 2; Moreira do Lima, 2 - Bertiandos, 0; Grecudega, 5 - Lanheses, 2; Moreira, 0 - Vit. Piães, 3

Hóquei em Patins

Campeonato Nacional da 2ª Divisão - Zona Norte: Riba d'Ave, 4 - Limianos, 0

sábado, janeiro 24, 2009

Concertos de Inverno

Sobe domingo , dia 25 de Janeiro, ao palco a Banda de Música de S. Martinho da Gandra, no último concerto da série "Concertos de Inverno", que levou ao tetaro Diogo Bernardes as bandas de música do concelho de Ponte de Lima. O início está marcado para as 15h30.

sexta-feira, janeiro 23, 2009

Desporto para o fim-de-semana

No Campeonato Nacional da 2ª Divisão, Zona Norte de Hóquei em Patins, o Riba d Ave tem sido a equipa sensação esta época, sendo líder numa altura em que vai fechar a primeira volta. "Os Limianos" vêm da sua melhor série deste campeonato, 3 vitórias consecutivas, moralizados e vão com o objectivo de arrancar mais três pontos e aproximar-se assim um pouco mais dos lideres da prova. O jogo realiza-se sábado, com início marcado para as 21h00.

Em jogo a contar para o nacional da 3ª Divisão, Zona Norte, "Os Limianos recebem no Campo do Cruzeiro o Mãe d'Água, actual lanterna vermelha da série. É de esperar que a equipa local retome o caminhod as vitórias, rumo ao objectivo traçado de ficar entre os seis primeiros da classificação.

No Campo de jogos da Boa Morte, a Correlhã recebe o Monção, um dos candidatos à subida, perspectivando-se uma partida interessante de seguir.
Banda de Música de Ponte de Lima vai ter eleições


Realizam-se no próximo dia 25 de Janeiro eleições para os corpos gerentes da Banda de Música de Ponte de Lima. O acto eleitoral funcionará a partir das 9h00 até às 12h00, na sede da instituição. este acto eleitoral deverá por termo a alguma instabilidade que se viveu na banda mais antiga do concelho nos últimos tempos.

O Alto-Minho é uma das regiões mais pobres e atrasadas da UE pelo que só com uma região coesa, só com uma união de esforços entre os diversos concelhos, é que o Alto Minho conseguirá ganhar escala e dimensão que lhe permita ter alguma visibilidade e alguma competitividade no contexto do território europeu.
Pedro Meira

quinta-feira, janeiro 22, 2009

Reconhecer o mérito

A Câmara Municipal de Ponte de Lima aprovou na reunião realizada no dia 12 de Janeiro, a proposta do Presidente de concessão de medalhas de mérito, como forma de reconhecer publicamente e louvar pessoas singulares e colectivas que pelos seus actos contribuam para o desenvolvimento cultural, social e económico do Município. As referidas medalhas serão atribuídas em cerimónia pública, a realizar no Dia de Ponte de Lima, em 4 de Março de 2009.
MÉRITO CULTURAL
- Acácio Guerra da Cunha - nasceu em Ponte de Lima, no dia 16 de Julho de 1939. Foi sapateiro de profissão, auxiliar de acção educativa na Escola Preparatória António Feijó e professor de música da Banda de Música de Ponte de Lima;
- António Manuel Couto Viana - nasceu em Viana do Castelo, no dia 24 de Janeiro de 1923. Encenador, tradutor, poeta, contista, actor figurinista, dramaturgo e ensaísta. Tem mais de um centena de livros publicados. Foi agraciado com a Banda da Cruz de Mérito, a Grão Cruz da Falange Galega, o Grande Oficialato da Ordem do Infante D. Henrique e a Medalha de Mérito Cultural da cidade de Viana do Castelo;
- António de Pádua Fernandes Lima - nasceu na freguesia de Estorãos, no dia 7 de Maio de 1939. Frequentou o Conservatório de Música no Porto. Mais tarde e já como funcionário bancário funda o Grupo Cultural de Estorãos. Foi regente da Banda de Música de Moreira do Lima, onde desempenhou um papel importante no seu ressurgimento. Idêntico contributo deu também ao renascimento da Banda de Música de S. Martinho da Gandra. Mais recentemente funda a Banda de Música de Estorãos, da qual é regente;
- Francisco José Torres Sampaio - nasceu em Braga, no dia 7 de Junho de 1937. Licenciado em Ciências Históricas pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto e Pós-Graduado em Programas de Direcção de Empresas, pela Universidade de Navarra. Entre muitos cargos é Presidente
da Região de Turismo do Alto Minho. Publicou muitas obras sobre a nossa região, nomeadamente sobre Ponte de Lima, das quais se destacam: Turismo de Habitação do Alto Minho, Artesanato e Turismo, Roteiro Turístico do Alto Minho, A Boa Mesa do Alto Minho, Os Caminhos de Santiago Portugueses. Recebeu a Medalha de Prata de Mérito Turístico da Secretaria de Estado do Turismo, a Medalha de Ouro ao Mérito Turístico, pelo Comércio de Pontevedra, a Medalha de Honra da Xunta da Galiza, a Medalha de Cidadão de Mérito da Câmara Municipal de Viana do Castelo, a Comenda de Mérito por Sua Excelência o Senhor Presidente da República, entre outras distinções.
- Frei Joaquim Cerqueira Gonçalves - nasceu na freguesia de Gaifar, no dia 6 de Abril de 1930. Frequentou em França a Universidade Católica de Lião e o Instituto Católico de Tolosa, concluindo a Licenciatura em Filosofia Escolástica. Licenciou-se também em Filosofia na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e prestou provas de doutoramento com a classificação de 19 valores. Leccionou várias cadeiras na Universidade de Lisboa e foi Professor Catedrático na Faculdade de Letras da Universidade Clássica de Lisboa. Foi coordenador do Centro Científico de Filosofia da Faculdade de Ciências Humanas, Presidente da Sociedade Científica da Universidade Católica, Membro do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida e Membro da Academia das Ciências de Lisboa. Em 10 de Junho de 2002 foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem de Instrução Pública;
MÉRITO DESPORTIVO

- Fernando Ismael Fernandes Pimenta - nasceu na freguesa da Ribeira, no dia 13 de Agosto de 1989. Atleta de alta competição, na modalidade de canoagem, em representação do Clube Náutico de Ponte de Lima e da Selecção Nacional. Foi o primeiro limiano a conquistar o título de Campeão Europeu numa modalidade desportiva. Foi distinguido pelo Comité Olímpico de Portugal com o Prémio Jovem Revelação do ano de 2008 e acompanhou a representação portuguesa em Pequim no Campo da Juventude dos Jogos Olímpicos;
- Hélio Lucas Fernandes de Araújo - nasceu na freguesia de Arcozelo, no dia 1 de Setembro de 1973. Professor destacado do Quadro de Zona Pedagógica de Viana do Castelo. A partir de 1990 assumiu as funções de treinador de canoagem na Escola Desportiva Limiana. Foi fundador do Clube Náutico de Ponte de Lima e treinador desde 1992. Tem sido um dos grandes responsáveis pelo sucesso do Clube Náutico. Como atleta sagrou-se Campeão Nacional de Maratonas em C2 Júnior, venceu a Maratona Internacional de Crestuma em C2 Júnior e obteve duas medalhas de bronze no Campeonato de Velocidade.
- Victor Alberto Martins de Araújo - nasceu na freguesia do Bonfim, no Porto, no dia 21 de Fevereiro de 1938. Professor, leccionou em Ponte de Lima, primeiro no então denominado Ciclo Preparatório e posteriormente na Escola Secundária, até a sua aposentação. Praticante de várias modalidaes desportivas (futebol, voleibol, râguebi, entre outras), treinador de futebol e de voleibol, sócio fundador da Escola Desportiva Limiana. É uma referência ao nível do desporto escolar, tendo sido um dos grandes dinamizadores de distintos e variados eventos desportivos em Ponte de Lima;
MÉRITO SOCIAL
- Amadeu Pinto de Araújo Pimenta - nasceu na Rua das Neves, em Ponte de Lima, no dia 29 de Novembro de 1943. Com um percurso profissional notável, Amadeu Pimenta congrega em si um lote de cargos e funções da alta responsabilidade no panorama médico-cirúrgico nacional. É Licenciado em Medicina pela Faculdade de Medicina do Porto, Médico Interno no Hospital de S. João do Porto, criador da Unidade Esofogástrica e Director do Serviço de Cirurgia Geral do mesmo Hospital, Presidente da Sociedade Portuguesa de Cirurgia, Professor Catedrático na Faculdade de Medicina do Porto, Investigador do Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto, Membro dos órgãos gestores da Ordem dos Médicos, Orientador de Teses de Doutoramento, tem vários trabalhos publicados em revistas nacionais e estrangeiras e é membro de diversas sociedades de cirurgia.
- José do Lago Arrais Torres de Magalhães - nasceu na freguesia de Vitorino de Piães, no dia 31 de Março de 1932. Licenciado em Engenharia Civil pela Universidade do Porto. Do seu percurso profissional destaca-se o serviço prestado como funcionário da ex Comissão de Coordenação da Região do Norte e os apoios técnicos prestados às colectividades sociais e culturais do distrito de Viana do Castelo;
- José Moreira Barroso - nasceu na freguesia de Louro, Famalicão, no dia 31 de Janeiro de 1933. Como profissional foi motorista da Carris, no Porto e Guarda Florestal. Foi presidente do Conselho de Baldios da Freguesia de Vitorino de Piães; fez parte da Comissão Administrativa da mesma freguesia no pós 25 de Abril e foi membro da Assembleia de Freguesia. Pertence à direcção da Casa do Povo de Vitorino de Piães e como presidente foi responsável pela implementação do Centro de Dia daquela colectividade;
- Casa de Caridade de Nossa Senhora da Conceição/Lar de Idosos - instituída pelo benemérito Agostinho José Taveira, por disposição testamentária, esta Instituição de Solidariedade Social acaba de completar 120 anos de existência em prol dos mais idosos.

quarta-feira, janeiro 21, 2009

Xutos e Pontapés de novo em Ponte de Lima
Ponte de Lima vai estar na rota da digressão 2009 dos Xutos e Pontapés, a banda que cumpre este ano 30 anos de existência.
Ver notícia aqui. E o site dos Xutos aqui.
Campanha vai dar em peixeirada!


Não era difícil prever um cenário destes. Defensor Moura, logo no primeiro dia de campanha para o referendo do dia 25 de Janeiro, proferiu algumas ameaças a António Amaral, depois de divergências e acusações mútuas, quanto à possibilidade de utilização, ou não, por parte do Município de Viana do castelo de verbas do Quadro Comunitário de Apoio, normalmente só colocadas à disposição das Associações de Municípios.
Nem o Instituto Nacional de Metereologia conseguiria prever com tal precisão tal desfecho, dada a crónica incontinência verbal do presidente vianense. Basta ler o documento colocado a circular pelo Município, com os argumentos e declarações de voto dos diversos intervenientes locais, relativamente à integração da Associação de Municípios do Minho Lima. Toda a fundamentação esgrimida por Defensor Moura, para além da discordância com a Lei, se baseia na configuração política actual do distrito. Tudo fica nas mãos dos seus camaradas/inimigos do vale do Minho, com a ajuda e conivência de Ponte da Barca. Tudo no presente. Defensor Moura não tem discernimento de olhar para o futuro, apenas o assusta ter na liderança de um órgão que ue poderá vir a integrar o seu figadal inimigo de Melgaço. Bom argumento!
Defensor Moura é contra, hoje, quando 6 municípios do distrito são socialistas soalheiros. mas como se comportaria se, após as autárquicas deste ano, este panorama se alterarasse radicalmente?

terça-feira, janeiro 20, 2009

As Fragilidades e os Desafios de Ponte de Lima?

A dignidade da pessoa humana e o que falta em Ponte de Lima


O PSD de Ponte de Lima emitiu um comunicado com o título em epígrafe que tomamos a liberdade de transcrever na íntegra:


Ponte de Lima merece melhor. Por isso, participemos! Juntos por Ponte de Lima a participar!
Ponte de Lima é um concelho com 51 freguesias, com cerca de 45 mil habitantes, gerando riqueza ao nível da agricultura, comércio e serviços, localizada estrategicamente no centro do Alto Minho. Nesse sentido, justifica-se um maior desenvolvimento. Há valores dos quais não abdicamos; esta é a nossa linha de rumo. O nosso rumo é o do serviço efectivo às pessoas, ao bem comum, numa cidadania participada e envolvente, em prol da proximidade e da representatividade efectiva dos cidadãos com os “servidores” no poder, em cabal igualdade de tratamento e de liberdade e coerência democráticas. É por isso e para isso que trabalhamos.
A actual gestão camarária justifica a elevada taxa de desemprego com a conjuntura nacional e internacional. Mas não terá o orçamento do queijo contribuído, para além de uma imagem negativa de oportunismo político, para o desequilíbrio das nossas contas públicas nacionais? Afinal, que ganhámos nós com este negócio? Pouco ou mesmo nada; aliás, com aquela postura perdemos ainda mais postos de trabalho, que hoje fazem tanta falta ao concelho. Já agora, que é feito da prometida nova fábrica do queijo…? Que apoio é dado às pequenas e médias empresas e respectivos empresários? Que apoio é dado aos comerciantes? Que apoio é dado à nossa agricultura e respectivos agricultores?
Em Ponte de Lima, falta emprego. Lembram-se do IKEA? No mesmo dia em que era inaugurado em Ponte de Lima o Festival Internacional de Jardins, em Paços de Ferreira era inaugurado o IKEA, empresa líder no seu sector, que criou 550 postos de trabalho directos, e que a Câmara Municipal de Ponte de Lima não conseguiu fixar no concelho. Lembram-se do projecto COBRA-BRASIL? Ainda se encontra na página de candidatura de Daniel Campelo de 2005, com o investimento previsto de 120 milhões de euros para cerca de 800 postos de trabalho, onde está? Lamentámos que Ponte de Lima continue a perder terreno relativamente a outros concelhos do distrito na captação de indústria e na dinamização empresarial, por ficar eternamente presa a projectos megalómanos, que não se concretizam.
Em Ponte de Lima, faltam agrupamentos e autonomia das freguesias. Porque não promover a autonomia das freguesias e da democracia, com a realização de um Orçamento Participado, cuja auscultação das pessoas das 51 freguesias fosse real.
Em Ponte de Lima, falta apoio económico e social: falta maior apoio social e empresarial, com gabinete do empresário, através da parceria com o Ensino Superior, diminuição de taxas das nossas empresas e captação do investimento credível para os nossos parques industriais, com externalidades positivas, associadas às novas tecnologias, com desenvolvimento eólico, bem como com as Instituições de Apoio Social, com as Paróquias e as Juntas de Freguesia, com a finalidade de se pôr cobro às cada vez maiores bolsas de pobreza existentes no concelho.
Em Ponte de Lima, falta urbanismo de qualidade, designadamente, com construções que não coloquem em causa o equilíbrio do ordenamento, vias públicas que não dificultem o trânsito, com parques infantis, e espaços verdes e desportivos para as pessoas, cujas partes sobrantes deverão ser valorizadas.
Essencialmente, em Ponte de Lima, falta um Plano de Desenvolvimento Estratégico de Médio/Longo prazo, que seja apartidário, com modernização administrativa e que vá de encontro à auscultação das necessidades efectivas das pessoas das freguesias, baseada na informação e formação da dignidade da pessoa humana (Educação/Saúde/Bem-Estar Social e Familiar).
Em Ponte de Lima, na verdade, falta, sobretudo, tratar as pessoas como pessoas. O exercício de cargos públicos é isso mesmo, do povo, pelo povo e para o povo, é, numa palavra, serviço!
É por tudo isto que estamos aqui: para as pessoas e pelas pessoas. Por um concelho dinâmico, solidário, com esperança e sem medo do futuro!

segunda-feira, janeiro 19, 2009

Celeste Patrocínio esmaga!

Celeste Patrocínio foi a grande vencedora da corrida aos órgãos gerentes da Adega Cooperativa de Ponte de Lima, conseguido cerca de 90% dos votos expressos, em eleições realizadas no sábado.
Trata-se de uma vitória inequívoca que se espera venha a por termo aos meses de instabilidade que se viveram no passado recente, instabilidade essa que viria a culminar nestas eleições antecipadas.
Pavilhão Multiusos chumbado em Arcozelo

Inesperadamente a localização do Pavilhão Multiusos foi chumbada, devido à volumetria da construção. Esta decisão das entidades competentes pode, eventualmente, ajudar os responsáveis a ponderar as seguintes questões:
1. Não terá sido precipitada a decisão de construir um Pavilhão Multiusos em Ponte de Lima, numa região onde aquele tipo de infraestruturas são já muitas (Viana do Castelo, Guimarães, Braga, Famalicão) e com resultados desastrosos em termos da sua viabilidade, como aconteceu com o Pqrque de Exposições de Braga?
2. Não terá sido precipitada a ideia de centrar nos congressos a utilidade do multiusos, não permitindo que tenha também utilidade para o desporto, talvez a única vertente que permitirá, de facto, viabilizá-lo?
3. Não terá sido um enorme tiro no pé a definição de uma localização que se viria a demonstrar inapropriada para o multiusos, devendo agora ser ajustado todo o projecto a uma nova localização?
4. Não será esta uma boa oportunidade para "PARAR PARA PENSAR" e meter na gaveta algo que se pode vir a transformar num enorme elefante branco?

domingo, janeiro 18, 2009

Resultados do fim-de-semana

Hóquei em patins - "Os Limianos" bateram no sábado a sua congénere da Sanjoanense por 2-1, em mais um jogo a contar para o nacional da 2ª Divisão, Zona Norte. este resultado vem confirmar as excelentes indicações dadas pela equipa de Ponte de Lima nos últimos jogos, contando já três vitórias consecutivas e aproximando-se do grupo da frente da tabela.

Futebol

Escolas: Paçô, 11 - Limianos B, 0;

Infantis: Limianos A, 12 - Friestense, 0
Iniciados: Limianos A, 10 - Âncora Praia, 0; Valdevez, 1 - Limianos B, 2
Juvenis: Limianos, 2 - Ponte da Barca, 1
Divisão de Honra AF Viana do Castelo: Correlhã, 0 - Courense, 0
1ª Divisão: Moreira, 2 - Águias de Souto, 0; Grecudega, 1 - Vit. Piães, 1; Moreira do Lima, 1 - Chafé, 2; Moledense, 4 - Bertiandos, 1; Vila Fria, 2 - Fachense, 0
Vieira, 1 - Limianos, 0
Limianos perde na casa do líder
A tarefa era, à partida, muito complicada. No entanto, o desenrolar do jogo provou às hostes limianas que era possível ultrapassar tão dificil adversário. De facto o Vieira, líder da classificação, nunca foi superior a "Os Limianos", que não se remeteram à defensiva e lançaram perigosos ataques e contra-ataques. Pode-se mesmo dizer que a equipa de Ponte de Lima esteve mais perto da vitória do que os locais mas, mais uma vez, o infortúnio bateu à porta dos canarinhos ao cair do pano, pois o Vieira marcou o único golo da partida aos 81 minutos.

sábado, janeiro 17, 2009

Concertos de Inverno
A Banda de Música de Ponte de Lima actua no domingo, dia 18 de Janeiro, pelas 15h30, no Teatro Diogo Bernardes, no âmbito da iniciativa "Concertos de Inverno", da responsabilidade do Município de Ponte de Lima.

sexta-feira, janeiro 16, 2009

Desporto para o fim-de-semana

Em futebol, a Associação Desportiva "Os Limianos" desloca-se no domingo ao terreno do Vieira, líder da classificaçção, em mais um jogo a contar para a Série A do campeonato Nacional da 3ª Divisão.
Em hóquei em Patins, "Os Limianos" em franca recuperação, recebem no sábado ás 18h00, no Pavilhão Municipal de Ponte de Lima a Sanjoanense.

quinta-feira, janeiro 15, 2009

Adega de Ponte de Lima a votos

Realiza-se no próximo sábado, dia 17 de janeiro, o acto eleitoral para os órgãos sociais da Adega Cooperativa de Ponte de Lima, instituição que tem vivido momentos de instabilidade nos últimos meses. Conhecida é já uma candidatura, liderada por Alfredo Borges de Macedo que se prorpõe dirigir a adega com "serenidade, rigor e prudência, restebelecendo a boa imagem dos produtos, não perdendo tempo com guerras passadas, que só prejudicaram a Adega Cooperativa e a sua imagem".

Actualização...

Uma segunda lista, liderada pela anterior presidente, Celeste Patrocínio, apresenta-se também a votos. vamos ter, por isso, um acto eleitoral disputado por duas listas.

Notícia do JN

quarta-feira, janeiro 14, 2009

Obras nas urgências do Hospital de Ponte de Lima


Vão avançar no decurso do corrente mês de Janeiro as obras no serviço de urgência do Hospital de Ponte de Lima. Já não era sem tempo...

segunda-feira, janeiro 12, 2009


6 países representados no Festival 2009

O Festival Internacional de Jardins 2009 já está em andamento, com a selecção dos respectivos participantes. No contexto das 67 propostas recebidas (a maior participação de sempre), o júri seleccionou 6 portuguesas e as 5 restantes representando a Áustria, República Checa, China, Espanha e Itália. O tema do festival 2009 será "As Artes no Jardim".

O vencedor da edição 2008 foi o jardim "Energias Reflectidas", de autores portugueses, com a escolha a ser efectuada pelo público visitante do festival, mais de 90 mil segundo dados da organização.

domingo, janeiro 11, 2009


Resultados do fim-de-semana

Dando continuidade aos fortes indícios de recuperação mostrados no fim-de-semana anterior, "os Limianos" foram bater o Escola Livre, em Oliveira de Azemeis por 6-3, em jogo a contar para a 13ª jornada do Nacional da 2ª Divisão - Zona Norte de Hóquei em Patins.
A contar para os respectivos campeonatos distritais da A. F. de Viana do Castelo, registaram-se os seguintes resultados:

Juniores: Limianos, 4 - Monção, 1
Juvenis: Guilhadezes, 0 - Limianos, 5
Escolas: Limianos B, 0 - Luciano Sousa C, 18; Barroselas, 1 - Limianos A, 4
Infantis: Limianos C, 4 - Paçô, 1; Cerveira, 4 - Limianos A, 0

Iniciados: Moreira,1 - Limianos A, 2; Limianos B, 3 - Vit. Piães, 2

Divisão de Honra: Correlhã, 2 - Távora, 2
1ª Divisão: Águias de Souto, 1 - Gandra, 2; Lanheses, 0 - Moreira do Lima, 1; Bertiandos, 7 - Neiva, 0; Fachense, 0 - Castanheira, 2

Limianos continua sem vencer na 2ª volta

Limianos, 1 - Fafe, 1 (1-1 ao intervalo)

"Os Limianos" alinharam com: Baia, Zé Manel, César, Boris, Hugo Costa, André Pinto, Vitor Hugo, João (Correia aos 80), Hugo, Miguel (Marcos aos 60) e Ribeira (David aos 60).

O resultado ajusta-se ao desenrolar do encontro, com uma equipa do Fafe bem organizada, muito combativa e muito perigosa. "Os Limianos" nunca conseguiram sobrepor-se ao seu adversário, sobretudo no meio campo. A nota mais saliente do encontro foi o extraordinário golo do jovem Vitor Hugo, na sequência de um pontente remate a mais de 25 metros da baliza.

Em tempos de crise, não falta futebol em Ponte de Lima!

Com “Os Limianos” a disputarem os nacionais, integrados na série A da 3ª Divisão, a A. D. da Correlhã a “defender” os interesses do concelho na Divisão de Honra da A. F. de Viana do Castelo, escudada pelo Águias de Souto, Bertiandos, Fachense, Grecudega, Moreira do Lima e Vitorino de Piães, que disputam a 1ª Divisão da A. F. de Viana do Castelo, são oito os clubes que disputam as competições oficiais no escalão sénior. Se as estes juntarmos o Arcozelo, regressado este ano à competição, Cabaços e Anais, que integram os quadros competitivos do INATEL, ascende a 11 o número de clubes com equipas activas. Panorama semelhante apenas o recordamos na época 1986/87 onde, nos quadros competitivos nacionais (“Os Limianos”) e distritais (Arcozelo e Correlhã na 1ª Divisão; Vitorino de Piães, Freixo, Fontão, Cafribal, Fachense e Bertiandos na 2ª Divisão; Vitorino das Donas, Anais e Cepões na 3ª Divisão) participavam um total de 13 equipas do concelho.
O Futsal, que já teve uma equipa nos nacionais (Refoios), conta actualmente com o Fontão a disputar o distrital.
Este é um sinal de dinamismo e de capacidade do concelho, ao qual se juntam as equipas que disputam os campeonatos jovens:
Escolas: Limianos (2 equipas); Academia de Futebol de Ponte de Lima.
Infantis: Limianos (3 equipas); Academia de Futebol de Ponte de Lima, Moreira do Lima, Vitorino de Piães
Iniciados: Limianos (2 equipas), Vitorino de Piães e Correlhã
Juvenis: Limianos, Vitorino de Piães
Juniores: Limianos
Um total de 16 equipas, com destaque para “Os Limianos” com 9 equipas no futebol juvenil num total de mais de 130 atletas. É um esforço significativo dos clubes, dirigentes, técnicos e atletas que não pode deixar de dar os seus frutos nos próximos anos. Ponte de Lima tem garantido o futuro, restando apenas manter este trabalho e dotar das melhores condições de trabalho aqueles que, efectivamente, contribuem para o desenvolvimento do desporto e ocupação de tempos livres dos jovens limianos.

sábado, janeiro 10, 2009

Fim-de-semana cultural

Hoje temos o “Cantar dos Reis”, que conta com a participação dos Grupos de Folclore do Concelho, numa organização da Associação de Folclore de Ponte de Lima. Este evento terá lugar no Teatro Diogo Bernardes, pelas 21h00.

Janeiro é um mês de actividades ligadas à música com os Concertos de Inverno com participação de todas as Bandas de Música do Concelho. Domingo à tarde, a partir das 15h30, no Teatro Diogo Bernardes actua a Banda de Música de Moreira do LIma.

Na Torre da Cadeia estará presente até 31 de Janeiro, a exposição de presépios e trabalhos realizados pelas escolas no âmbito da iniciativa “O Natal e as Escolas” que o Município de Ponte de Lima promove todos os anos.

sexta-feira, janeiro 09, 2009

Desporto para o fim-de-semana

A contar para o Nacional da 3ª Divisão, "Os Limianos" recebem no domingo, pelas 15h00, o Fafe, num jogo que trás à memória a enorme injustiça de que foram alvo os Homens de Ponte de Lima na 1ª volta, quando tiveram que repetir um jogo que estavam a vencer por 2-0 já na 2ª parte, tendo sido então vencidos por 2-1 nos descontos.
Para a segunda divisão nacional de hóquei em patins, "Os Limianos" deslocam-se no sábado ao recinto do Escola Livre.
Nos distritais da A. F. de Viana do Castelo, a contar para a Divisão de Honra, a Correlhã recebe o Távora, enquanto que para a 1ª Divisão o Águias de Souto recebe o Gandra, o Vitorino de Piães os Peladeiros, o Bertiandos o Neiva e o Fachense o Castanheira, enquanto que o Moreira do Lima se desloca ao terreno do Lanheses.

quinta-feira, janeiro 08, 2009


Ecos da Assembleia Municipal - Desporto em Ponte de Lima

À semelhança do que fez com a educação, o PSD levou a discussão em plenário a área do desporto. Para tal apresentou uma proposta que visava comprometer o Município em diversos pontos.
O desporto foi, durante largos anos, o parente pobre da actividade Municipal. Desde o investimento maciço em campos de futebol de 11 disseminados pelo concelho, a construção do Pavilhão Municipal e Piscina Municipal, ainda na década de oitenta, pouco foi realizado na década seguinte, aquela que coincidiu com a ascensão de Daniel Campelo, primeiro à condição de Vereador do desporto e, posteriormente, à presidência da câmara. O único e grande investimento realizado foi a construção do Clube Náutico, instalações que foram determinantes no crescimento do clube e que o ajudaram a tornar-se naquilo que hoje é e significa para o concelho: o maior e melhor clube nacional de canoagem!
Certo é que o novo milénio trouxe uma nova postura municipal relativamente ao desporto local: construção de polidesportivos nas freguesias, pavilhões gimnodesportivos desconcentrados, Piscina em Freixo, Relvados sintéticos, ampliação do Pavilhão Municipal. Estas infraestruturas vieram dar outro tipo de condições ao desenvolvimento desportivo local, cujos resultados, inevitavelmente, surgirão dentro de alguns anos.
Por isso, no tom proposto, parece que a proposta vem a destempo, ou seja, é apresentada no momento em que o investimento no desporto é mais elevado no concelho.
Contudo, não deve ser menosprezada. Ainda muito há a fazer pelo desporto em Ponte de Lima, devendo ser ponderada a construção de um complexo desportivo, que integre várias valências, designadamente o futebol e atletismo, concentrando infraestruturas dispersas, que dificultam o trabalho dos clubes, sendo evidente que o Campo do Cruzeiro é uma infraestrutura a prazo, que não sobreviverá por muitos mais anos naquele local com aqueles fins. Da mesma forma, concordamos com a necessidade de uma estrutura técnica na autarquia, capaz de gerir os espaços e a política de desporto municipal, apoiando as associações e os clubes.
Para culminar esta abordagem ao desporto, deixamos alguns pontos que poderiam integrar um programa eleitoral, e que ajudariam a resolver problemas que afligem os dirigentes desportivos locais:

1. Procurar uma solução que permita o desassoreamento do Rio Lima, na zona de treinos dos atletas do Clube Náutico de Ponte de Lima, garantindo melhores condições de trabalho, o desenvolvimento das capacidades físicas e técnicas dos atletas e evitando lesões desnecessárias;

2. Lutar para que seja construída em Ponte de Lima uma pista de canoagem. O projecto de construção dessa infraestrutura em Ponte da Barca, objecto de candidatura ao Polis da Orla Litoral, é uma machadada no clube do distrito com mais títulos nacionais, com mais atletas internacionais e o único com condições para ter um atleta nos Jogos Olímpicos de Londres. A pista é o melhor prémio para quem tanto tem trabalhado e tantos resultados tem obtido;

3. O Pavilhão Multiusos não permite que nele se levem a cabo espectáculos desportivos. Não se compreende que uma infraestrutura cara, de manutenção pesada, que vai permanecer fechada uma parte significativa do ano, não tenha a polivalência necessária para acolher espectáculos e treinos de ginástica rítmica e desportiva, esgrima, judo, karaté, luta livre e greco-romana, esgrima, basquetebol, andebol, voleibol, ténis, ténis de mesa, badmington ou halterofilismo, entre outras, permitindo o aparecimento e o desenvolvimento de novas modalidades no concelho, ao mesmo tempo que garantiria uma ocupação permanente do espaço e o retorno do investimento em proveito dos cidadãos limianos.

4. Complexo desportivo, com campos de futebol de 11 e de 7, pista de atletismo e infraestruturas para as restantes especialidades desta modalidade, possibilidade de albergar outros desportos, como o tiro com arco, hóquei em campo ou raguebi, capaz de concentrar as actividades dos clubes e promover o desenvolvimento dos seus atletas.

5. Criar uma estrutura técnica de apoio ao desenvolvimento do desporto no concelho, gestão das infraestruturas municipais, formação a dirigentes e técnicos, apoio na organização de eventos, etc.

quarta-feira, janeiro 07, 2009

Ecos da Assembleia Municipal - Paraíso ou Purgatório?


Parece um facto que não vivemos no Inferno. Mas na última Assembleia Municipal a dialética pairou entre o Paraíso e o Purgatório. Pedro Ligeiro, do PSD, apresentou números que situavam Ponte de Lima com índices que nos envergonham, designadamente os relacionados com a pobreza. Logo Daniel Campelo contrapôs estudos que tem em sua posse mas que provam o contrário, criticando a forma como são elaborados os estudos sobre a pobreza, assentes do Rendimento Mínimo cuja atribuição (sic) "é uma vergonha para o país". Quer dizer, teremos muito menos pobres do que aqueles que estão "pendurados" no Rendimento Mínimo, Sr. Presidente?
Os estudos sobre a pobreza no distrito são conhecidos e públicos. Ora, o que nos parece óbvio é que, depois de tanto citar os estudos que colocam Ponte de Lima no Céu, é chegada a hora de os dar a conhecer pois, além do Presidente, parece que ninguém mais está na sua posse!
Blogue Revista "Limiana"

A Revista Limiana também está na Internet, com um blogue que pode ser consultado em http://revistalimiana.blogspot.com/. Pela nossa parte já foi adicionada aos "Nossos Favoritos".

terça-feira, janeiro 06, 2009

Ecos da Assembleia Municipal - O Hotel da Guia

Mais uma vez foi criticada a construção de um Hotel no Parque da Guia, uma zona onde já ninguém acreditava que poderia surgir uma construção, depois do empenho do actual presidente da Câmara no sebtido de evitar o prolongamento do edifício conhecido localmente como "o combóio". Daniel Campelo refugia-se no interesse público da construção de mais um hotel na vila. Muitos outros locais haveria para o efeito, podendo assim ser evitada mais uma "ofensa" ao conjunto patrimonial Terceiros-Diogo Bernardes, depois da de um outro hotel e conjunto habitacional - o Império, em finais da década de oitenta do século passado. Edifícios degradados da zona histórica, como os da rua Vasco da Gama, com frente para o Rio Lima, seriam óptimos espaços para um hotel, com bastante mais interesse público que a solução encontrada.
O que, infelizmente, não foi dito na Assembleia Municipal (a crer nas crónicas conhecidas) foi que a construção do hotel viola o acordo da Câmara com o construtor do combóio, celebrado em 1994!
Será a posição apenas capaz de colocar em causa a localização e a qualidade arquitectónica do edifício? Parece que o que está em causa é ainda mais grave...

segunda-feira, janeiro 05, 2009

Balanço 2008

Positivo
Educação - A continuação do reordenamento da rede escolar, com a entrada em funcionamento de novos centros escolares (Freixo e Refóios), o lançamento de concursos (S. Martinho e Arcozelo), o avanço das obras (Fornelos e Facha) e a revisão da Carta Educativa (novos centros em Ponte de Lima e Lagoas).

Cultura - Grande concerto de Mariza realizado na Expolima e o Festival de Ópera. A iniciativa "Concertos de Inverno" e a publicação dos volumes integrados no projecto "Ponte de Lima Terra Rica da Humanidade".

Desporto - Clube Náutico arrasa concorrência em todas as competições em que participou. "Os Limianos" campeões da Divisão de Honra da A. F. de Viana do Castelo e vencedores da Taça A. F. de Viana. Realização do Campeonato do Mundo de Horseball na Expolima. Duarte Pires campeão nacional de 400 metros estilos, no escalão de juvenis em Natação. Inauguração de dois novos campos sintéticos no concelho (Campo du Cruzeiro e Bertiandos).

Economia - O "Terra Finicia" nasceu para apoiar o investimento. Uma boa notícia que poderá esbarrar na conjuntura económica e na reduzida viabilidade das áreas de negócio propostas.


Negativo
Educação - As escolas necessitam de mais meios para desenvolverem a sua actividade e equipamento para fazerem face aos novos desafios.

Cultura - Grandes eventos culturais criam públicos e seguidores. Ponte de Lima necessita de um público para a cultura e tarda em consegui-lo.

Desporto - Com a instalação de um piso sintético no Campo do Cruzeiro, Ponte de Lima deixou de ter um relvado natural para a prática do futebol. Melhoraram as condições para o desenvolvimento desportivo, mas cada vez se sente mais a necessidade de um complexo desportivo...

O Multiusos não terá valências para o desporto. Um desperdício dentro do desperdício que é construir um espaço cuja taxa de utilização será, naturalmente, reduzida.

Urbanismo - Hotel da Guia e tudo o que lhe está associado: qualidade arquitectónica e os lados sombrios do processo. Centro histórico continua com inúmeros imóveis degradados, que acompanham de perto a degradação da zona mais nobre de Ponte de Lima.

O areal do Rio Lima continua a ser a zona mais degradada das margens ribeirinhas. Um lamentável cartão de visita que teima em não sair do papel...

Economia - A economia mundial, europeia e nacional estão de rastos. Ponte de Lima mais não pode fazer do que ir na onda. Mas as decisões políticas da última década votaram ao abandono o comércio local e o centro histórico de Ponte de Lima, também deram um forte impulso ao forte clima depressivo que se vive na sede do concelho.

Outros - Incêndio na Bar do Arnado. Uma referência e um espaço único que se transformou em cinzas...

domingo, janeiro 04, 2009

Resultados do fim-de-semana (Cont.)

Merelinense, 2 - Limianos, 0 (2-0 ao intervalo)
O jogo ficou marcado por uma má entrada e uma primeira parte abaixo das possibilidades da equipa limiana, que redundou nos dois golos locais e numa desvantagem difícil de anular. Na segunda parte dos jovens de Ponte de Lima procuraram e conseguiram reagir, dominando por completo o jogo, mas não concretizando em golos o domínio exercido. A vitória caba por premiar a equipa que fez golos em detrimento da que cometeu mais erros.

Associação de Futebol de Viana do Castelo

Divisão de Honra: Castelense, 3 - Correlhã, 1

1ª Divisão: Moreira do Lima, 3 - Vitorino de Piães, 2; Gandra, 1 - Moreira, 1; Peladeiros, 1 - Águias de Souto, 1; Darquense, 3 - Bertiandos, 1

Iniciados: Limianos A, 8 - Courense, 1; Darquense, 3 - Limianos B, 0
Resultados do fim-de-semana

Futebol
Escolas: Limianos A, 1 - Perre, 2
Limianos B, 1 - Neves, 8

Infantis: Limianos A, 4 - Ancorense, 1

Juvenis: Limianos, 4 - Lanheses, 0

Juniores: Areosense, 3 - Limianos, 10

Hóquei em Patins
Limianos bate vice-líder

Limianos, 3 - Sporting de Tomar, 1 (2-1 ao intervalo)
"Os Limianos" alinharam com: Filipe Carneiro, Tiago Braga, Bruno Martins, Paulo Morais, João Araújo, Pedro Conde, Helder, Diogo Sá, Samuel Costa e Hilário Lopes.
Golos: Sanuel Costa (2) e Hélder

À partida para esta jornada "Os Limianos ocupavam o 15º e penúltimo lugar da geral e recebiam no Pavilhão Municipal de Ponte de Lima o 2º classificado, a um ponto do líder Turquel, mas com menbos um jogo. Previa-se um jogo de elevada dificuldade, o que veio a confirmar-se. No entanto, a equipa da casa fez um jogo quase perfeito, com virtuosismo, velocidade, capacidade de sofrimento e inteligência, demonstrando que está motivada e com vontade de abandonar rapidamente os lugares do fundo da tabela.
Fruto de uma grande atitude, adiantou-se no marcador e, apesar de consentir o empate, conseguiu chegar ao intervalo na posição de vencedor, com dois golos do reforço de Inverno, Samuel Costa. Na segunda parte, "Os Limianos" conseguiram suster a reacção dos homens de Tomar, mercê de um bom trabalho colectivo na defesa, onde pontificou o guardião Filipe Carneiro, com uma grande exibição. O terceiro golo local foi obtido por Hélder, na sequência de uma iniciativa individual.

Basquetebol


EDL campeã distrital de juniores masculinos

Num jogo impróprio para cardíacos, decidido no final de dois prolongamentos, a equipa de juniores masculinos da Escola Desportiva Limiana, sagrou-se campeã distrital ao bater o Coura Basket Clube por apertados 95-94. Este foi o segundo jogo do "play-off", onde a equipa de Ponte de Lima levava vantagem, após ter vencido no terreno do adversário na semana anterior.
Imagens de Inverno... (5)

sábado, janeiro 03, 2009

Regressam os "Concertos de Inverno"


À semelhança do que aconteceu em 2008, o Teatro Diogo Bernardes vai ser palco dos "Concertos de Inverno", com as bandas de música do concelho de Ponte de Lima a levarem "a cena" o trabalho que tem vindo a realizar.

O calendário é o seguinte:
Dia 4 de Janeiro - Banda de Música de Estorãos
Dia 11 de Janeiro - Banda de Música de Moreira do Lima
Dia 18 de Janeiro - Banda de Música de Ponte de Lima
Dia 25 de Janeiro - Banda de Música de S. Martinho da Gandra
Assim, este primeiro fim-de-semana do ano pode ser aproveitado para um pequeno salto até ao Teatro Diogo Bernardes onde, no domingo, a partir das 15h30, actua a novíssima Banda de Música de Estorãos.

sexta-feira, janeiro 02, 2009

Desporto para o fim-de-semana

O primeiro fim-de-semana de 2009 traz muito desporto a Ponte de Lima. O arranque dá-se no sábado, pelas 18h00, com o jogo Limianos-Sporting de Tomar, a contar para o Campeonato Nacional da 2ª Divisão, Zona Norte.
No domingo, a equipa sénior de "Os Limianos" desloca-se ao terreno do Merelinense, para mais um jogo da Série A do Campeonato Nacional da 3ª Divisão. Já em jogo a contar para a Divisão de Honra doistrital, a Correlhã desloca-se ao recinto do Castelense. O jogo Moreira do Lima - Vitorino de Piães prenderá as atenções dos adeptos limianos, no Campeonato distrital da 1ª Divisão.
Taça de Honra da A. F. de Viana do Castelo em mãos limianas

O Valenciano venceu o Neves na final da Taça de Honra da A. F. de Viana do Castelo. Mas há mãos limianas a segurarem o troféu: Alberto Fernandes é o técnico dos valencianos...